Mostrando itens por marcador: projeto

Bahiagás participa de ação de conclusão do projeto Dente de Leite stars

A Bahiagás marcou presença, na quinta-feira (29), no evento de fechamento das atividades do primeiro semestre do projeto Dente de Leite, que faz parte da Associação Desportiva Comunitária Campo Limpo, em Feira de Santana. A iniciativa, selecionada no Edital de Patrocínios 2018/2019, aconteceu no Ginásio Oyama Pinto, e contou com campeonatos internos nas modalidades Natação, Futsal e Futebol.

 Segundo o coordenador do projeto, Jefferson Roberto, o Dente de Leite visa a iniciação esportiva de crianças e adolescentes, de 5 a 16 anos, com vários tipos de modalidades e equipes multidisciplinares. “São jovens em situação de vulnerabilidade social, moradores de bairros periféricos da cidade, e que aqui podem fazer do esporte uma ferramenta para ascensão”, explica, destacando que para participar do projeto é necessário estar matriculado e ter bom rendimento escolar. “Aqui formamos mais que atletas, mas também alunos, filhos e cidadãos”.

 De acordo com Jefferson, atualmente cerca de 450 crianças e adolescentes são beneficiadas pela iniciativa. “Temos vários tipos de modalidades como futebol, futsal, natação, handebol, jiu-jitsu, karatê, pilates, além de uma equipe multidisciplinar formada por psicólogos, nutricionistas, fisioterapeuta, educadores físicos, assistente social e assistência jurídica”.

 Acompanhando o evento, o mecânico Edcarlos Santos, pai do jovem Carlos Eduardo, atleta do sub-10, destacou a melhoria do rendimento escolar do filho após ingressar no Dente de Leite. “As notas dele melhoraram muito depois que passou a fazer parte do projeto. Esse incentivo é fundamental para a molecada”, afirmou. “A gente percebe como os professores são atenciosos e respeitosos com esses jovens. Tem muitos meninos e meninas bons aqui, que só precisavam desse incentivo”.

 

Projeto capacita mulheres negras para produção de artesanato

 

O projeto Mulheres Negras: Capacitando para Produzir, selecionado no último Edital de Patrocínios da Bahiagás, promoveu, gratuitamente, entre novembro e dezembro do ano passado, a oficina Produção de Artesanato Empreendedor, voltada para mulheres de comunidades quilombolas de diferentes cidades. Na sexta-feira (22), no Centro Cultural Gonzagão, em Entre Rios, aconteceu a entrega dos certificados para as alunas.

 Durante o evento, as mulheres do projeto fizeram uma exposição e venda dos objetos que construíram durante o curso. Eram diversos produtos, como panos bordados, bolsas de palha, bonecas e flores artificiais, divididos em cinco estandes, cada um representando uma cidade participante da oficina (Conde, Alagoinhas e Entre Rios).

 “Essa produção depois será apresentada em Salvador, no mês de março, na área de comércio de artesanatos do Salvador Shopping. A ideia é que essas mulheres deem continuidade ao que aprenderam no curso e comercializem seus produtos de forma independente”, explicou o coordenador do projeto, Ezequiel Santos.

 Para Léa Santos, uma das alunas da oficina, participar do projeto transformou sua vida. “Moro num lugar pequeno e sem renda. Passei por uma fase bem difícil. Então, esse curso veio num momento muito bom e me abriu portas”, contou.

 “Foi muito gratificante. Todas nós conseguimos aprender e vamos continuar seguindo com esse trabalho, e sendo cada vez mais felizes”, concluiu a aluna Andréia Anunciação.

 Para a relações públicas da Bahiagás, Cáren Cruz, que representou a Companhia no evento, iniciativas como esta só trazem benefícios paras as comunidades envolvidas. “Hoje foram 40 mulheres, mas percebemos que isso terá continuidade, porque elas se tornarão multiplicadoras e beneficiarão mais mulheres e assim sucessivamente. Este projeto tem um impacto muito positivo para o futuro delas. Por isso é tão importante”, declarou.

 Mulheres Negras

 O projeto Mulheres Negras é uma realização da Associação de Desenvolvimento do Litoral Norte e Agreste Baiano (Adelnor), que tem por objetivo capacitar mulheres negras de assentamentos rurais e quilombolas para o artesanato com foco na valorização da cultura negra, de modo a, também, gerar oportunidade de negócios para elas.

Projeto patrocinado pela Bahiagás conclui formação de jovens portadores do HIV

Selecionado no Edital de Patrocínios da Bahiagás 2018/2019, o Projeto Viver, promovido pela Instituição Beneficente Conceição Macêdo (IBCM), nasceu com a proposta principal de preparar jovens de baixa renda portadores do vírus HIV para o mercado de trabalho. Com o apoio da Bahiagás, a ideia foi colocada em prática desde dezembro do ano passado e concluída na última segunda-feira (11), na sede da IBCM, em Nazaré.

Para marcar o encerramento do projeto, foi realizada uma solenidade no local para entrega dos certificados aos alunos participantes. Na ocasião, a coordenadora institucional da Bahiagás, Nívia Cohen (GERCO), representou a Companhia e enfatizou o compromisso da empresa com as causas sociais. “A Bahiagás tem uma política de patrocínio atenta aos interesses da sociedade e entendeu que este era um projeto social muito importante. Chamou a nossa atenção a possibilidade de oportunidades e perspectivas que se abririam para vocês [jovens]”, declarou.

O idealizador do Projeto Viver, Alfredo Dorea, valorizou os alunos do curso. “Eles são jovens dedicados, que querem trabalhar e que se empenham bastante, mas que muitas vezes se deparam com a barreira do preconceito. Esperamos ter contribuído para mudar essa realidade”, observou.

“Agradecemos à IBCM e à Bahiagás por esse apoio tão importante para a gente e que faz uma diferença para nós no mercado de trabalho”, disse um dos alunos, que teve sua identidade preservada.

Sobre a IBCM

A IBCM é uma organização sem fins lucrativos que, desde 1989, atua junto à população de baixa renda na promoção da saúde, prevenção e assistência às pessoas que convivem com o HIV. Além do Projeto Viver, a instituição possui uma creche que abriga mais de 80 crianças, filhas de portadores do HIV.

Manter todo esse trabalho não é uma tarefa fácil. É preciso contar com a solidariedade de quem se sensibiliza com a causa. Para continuar ajudando essas pessoas, a IBCM recebe doações de empresas e da sociedade de uma maneira geral. Se você também quer apoiar o projeto por meio de uma doação, pode fazer um depósito bancário no Banco do Brasil, agência 0904-0, conta corrente 254.651-5.

Assinar este feed RSS