Mostrando itens por marcador: Vitória da Conquista

Bahiagás assina Protocolo de Intenções em Vitória da Conquista stars

Para marcar o início de um estudo técnico que vai avaliar a viabilidade do gás natural em Vitória da Conquista, na sexta-feira (07), o diretor-presidente da Bahiagás, Luiz Gavazza, se encontrou com o prefeito da cidade, Herzem Gusmão, para assinar o Protocolo de Intenções. O ato simbólico aconteceu na Secretaria Municipal do Trabalho, Renda e Desenvolvimento Econômico (Semtre) do município.

A assinatura do documento confirma o compromisso que a Bahiagás já havia firmado com Vitória da Conquista, durante evento realizado no município, em janeiro deste ano. Na ocasião, Gavazza explicou que, antes de levar o gás natural à terceira maior cidade da Bahia, é preciso um estudo de viabilidade técnica para analisar o mercado local, as formas de aproveitamento do energético nos empreendimentos e os riscos do negócio.

 

Se o resultado do estudo for positivo para a viabilidade, o gás natural vai incrementar o crescimento local.  “O Governo do Estado entende que o gás natural é um meio de levar o desenvolvimento às variadas cidades da Bahia. E essa parceria com Vitória da Conquista faz com que este energético sirva de mola propulsora para ampliar mais ainda as condições para o desenvolvimento da cidade e da região”, salientou Luiz Gavazza.

Conforme ele explicou, ao se confirmar este cenário, o segmento automotivo (GNV) deverá ser o primeiro atendido em Vitória da Conquista, podendo, inclusive, chegar ao município antes mesmo das cidades que serão atendidas pelo Duto de Distribuição do Sudoeste da Bahia – Gás Sudoeste (ainda em fase de construção).

 

Gavazza também falou sobre os avanços já ocorridos desde a apresentação das possibilidades do gás natural em Vitória da Conquista, realizada em janeiro. “Já avançamos na elaboração do arcabouço legal necessário para a construção das redes locais [de gasodutos]. Além disso, já estamos na fase de conclusão do processo licitatório para contratação da empresa que vai realizar a pesquisa do mercado local”, explicou.

 

Para o prefeito Herzem Gusmão, a assinatura do protocolo representa benefícios para a cidade. “Tenho a convicção de que Vitória da Conquista avança. E eu entendo que a assinatura desta parceria com a Bahiagás é de grande valia para o nosso município”, comentou.

 

 

Bahiagás apresenta as possibilidades do gás natural em Vitória da Conquista

Na quinta-feira (31/01/19), a Companhia de Gás da Bahia – Bahiagás promoveu o evento Gás Natural em Vitória da Conquista – Estudo de Viabilidade Técnica, no auditório da Faculdade Independente do Nordeste (Fainor). O encontro, voltado para autoridades, empresários e comunidade do município, apresentou as formas de levar o gás natural e possibilidades de uso do energético na cidade. 

Na primeira parte da apresentação, o diretor-presidente da Bahiagás, Luiz Gavazza, fez uma explanação sobre a Companhia, mostrando o histórico, a forma de atuação, diretrizes estratégicas e segmentos de consumo do gás natural.

Num segundo momento, o gestor abordou as formas de levar o gás natural ao consumidor. Conforme apresentou Gavazza, o energético pode ser fornecido por meio de gasodutos físicos (rede de tubos) ou dos gasodutos virtuais, como é chamado o transporte de gás natural por meio de carretas. Nesta segunda opção, o gás é transportado como gás natural comprimido (GNC) ou gás natural liquefeito (GNL).

Segundo explicou Gavazza, neste primeiro momento, o fornecimento por meio de gasoduto virtual pode ser a opção mais viável para levar o gás natural a Vitória da Conquista. Desta forma, evitaria os gastos e o tempo necessários para a construção de um gasoduto físico e atenderia à demanda do mercado da mesma maneira.

Ele ainda destacou a relevância de incluir o município no mercado consumidor de gás natural. “Não há nenhuma dúvida entre nós sobre a importância desta cidade para a Bahia e ela sempre teve a nossa atenção. Da mesma forma que chegamos a outras cidades, por demanda dos seus consumidores, queremos chegar a Vitória da Conquista”, ressaltou o diretor-presidente da Bahiagás.

Estudo de Viabilidade

Durante a apresentação, Gavazza explicou que, antes de levar o gás natural à terceira maior cidade da Bahia, é preciso um estudo de viabilidade técnica (prestes a ser assinado com a prefeitura) para analisar o mercado local, as formas de aproveitamento do energético nos empreendimentos e os riscos do negócio.

“Esperamos também contar com o apoio dos líderes corporativos da cidade, bem como dos parlamentares e de todo o conjunto da sociedade conquistense. Precisamos sair daqui com o espírito de que o gás natural será uma realidade em Vitória da Conquista se trabalharmos todos nesta direção”, acrescentou.

Presente no evento, o prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, reforçou a parceria com a Companhia no esforço para levar o gás natural ao município. “Quero parabenizar a Bahiagás por esta apresentação e tenho certeza de que trabalharemos juntos nesta construção da modernidade da nossa querida cidade”, declarou.

“Foi muito importante a presença da Bahiagás para debater com a sociedade conquistense as formas de trazer o gás natural, que trará benefícios para Vitória da Conquista”, completou o deputado estadual Jean Fabrício Falcão.

Também estiveram no evento o vereador Fernando Vasconcelos (Jacaré), representando o presidente da Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista; o presidente do movimento Conquista Pode Voar Mais Alto, José Maria Caires; o diretor geral da Sudesb, Elias Dourado; a presidente de Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) do município, Sheila Lemos; o presidente da OAB/Vitória da Conquista, Ronaldo Soares; o presidente da Associação das Indústrias de Vitória da Conquista (Ainvic), Cláudio Marinho; presidente do Sindicado dos Taxistas de Vitória da Conquista, Valter Oliveira Freire; o diretor da Fainor, Edgard Larry;   além de representantes de outras entidades e gestores de cidades próximas (Belo Campo, Nova Canaã, Planalto, Tremedal, Encruzilhada, Cândido Sales, Barra do Choça, Mirante, Bom Jesus da Serra, Maetinga, Presidente Jânio Quadros e Itambé).

Assinar este feed RSS